Balão do Google que provê internet dá volta ao mundo em 22 dias

0
400
Um dos balões do projeto Loon, do Google, destinado a levar internet a lugares inóspito, acabou de completar uma volta ao mundo em 22 dias, informou a empresa nesta quinta-feira (4).
Os balões do projeto Loon voam a 20 mil metros do solo, acima dos aviões e das nuvens. São equipados com antenas para fornecer conexão de internet.
Em sua primeira volta, o balão não passou pela linha do Equador. Mesmo assim o trajeto percorrido totalizou cerca de 500 mil quilômetros.
O balão trilhou um caminho mais curto para dar a volta ao mundo: rodou pelo Oceano Pacífico, sobrevoou Chile e Argentina e depois passou próximo à Austrália e Nova Zelândia.
Agora, começa sua segunda volta. Segundo membros do projeto Loon, o balão foi pego no caminho por ventos que auxiliaram sua trajetória. Desde junho, a equipe coleta dados de vento para prever os modelos de previsão, o que aumentou a capacidade de modelar as trajetórias com maior antecedência.
“Podemos passar horas e horas rodando simulações de computador, mas nada nos ensina tanto quanto realmente enviando os balões para a estratosfera”, afirmou a equipe do Loon. O projeto começou em 2013, na Nova Zelândia, quando cerca de 30 balões foram usados para atender à população.
Em março, o Facebook anunciou que trabalha no desenvolvimento de drones (veículos aéreos não tripulados) e satélites para fornecer conexão de internet com raios laser. Os equipamentos usarão a tecnologia de comunicação óptica espacial (FSO, na sigla em inglês), que usa raios de luz infravermelho para transmitir dados do espaço.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here