Balonismo na Festa do Colono em Turvo/SC

0
1341
Quando a lona do primeiro balão a levantar voo aparece no horizonte, sobre a silhueta dos pavilhões do Parque de Exposições Ires Olivo, a movimentação nas calçadas desacelera e o ritmo da 22ª Festa do Colono, lotada de visitantes na tarde deste sábado, se acalma. O movimento parece sincronizado: os expectadores sacam os celulares dos bolsos e alguns carros estacionam em frente ao evento para que passageiros e motoristas desçam para admirar. Quem veio a Turvo neste fim de semana, queria um registro. Não é todos os dias que a capital da mecanização agrícola recebe um evento de balonismo.

Quem pensa que a 22ª edição da Festa do Colono e 14ª Arrancada de Tratores é apenas voltada ao agronegócio ou ao homem do campo pode começar a mudar sua concepção. O evento é completo e em sua programação destacou atrações que pudessem contemplar todos os públicos.

Na tarde deste sábado, o festival de balonismo que faz parte da recheada programação do evento coloriu o céu de Turvo. Centenas de visitantes pararam para acompanhar os balões ganharem os céus.

Ambição natural do homem, voar sem o amparo de um ruidoso motor é uma sensação incomparável que só o balonismo proporciona. A eterna vontade do homem de conquistar o céu ganhou força e hoje em dia é uma realidade ao alcance até mesmo de quem não é praticante do esporte.

Diferentemente da asa delta, o balão não plana, não “cai com estilo”. Sustenta-se no ar, ganha altura, sobe e desce quando necessário. Melhor: o prazer pode ser compartilhado com outras pessoas. A evolução das técnicas de voo e o avanço dos equipamentos fizeram com que o balão se transformasse em uma segura e saborosa aventura. Quem embarca hoje tem toda a confiança de que vai curtir o passeio, sem nenhum risco.

Para a coordenadora de Turismo da Amesc, Cristiane Tonetto Biléssimo, o festival e balonismo é um atrativo a mais para o evento e Turvo está oferecendo um leque de opções para que o agricultor possa escolher através dos seus hobbys.

O empresário, Ricardo Guellere Haubert, da cidade de Londrina, Paraná, visita pela primeira vez o município e se encantou com a festa. “Tem atrações para todos os gostos. Achei uma festa simpática e completa. Parabéns pela infraestrutura e hospitalidade deste povo,” elogiou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here