Com um fly in, inicia o festival de balonismo em Torres

0
478
Quinta-feira, dia 1 de maio.
Segundo dia de competição em Torres.
Acordei as 5:30hs da manhã.
O tempo estava bem nublado.
Mas não tinha vento. Era um bom indício.
Em seguida, busquei a Clara na casa dela e fomos ao parque do balonismo.
As equipes já estavam se movimentando, montando os equipamentos.
Outro bom sinal.
Eram 06:50hs quando iniciou o briefing.
Bruno anunciou um fly in, porém era necessário esperar uma segunda reunião.
As 07:10hs, novo briefing.
Prova confirmada.
E a alegria invadia nossos corações.
As equipes começavam a se deslocar do parque.
Pegamos o carro e seguimos algumas.
Meus pais foram comigo.
Muito bom poder compartilhar este momento com eles.
A maioria das equipes foram para o bairro Centenário.
Brinquei com o pessoal dizendo que havíamos achado a mina de ouro.
Dezena de balões decolando juntos de um grande terreno.
Sacha, Baixo, Guto, Davi, Alemão, os argentinos, enfim, um espetáculo.
A medida que cada balão ia subindo a paisagem ia ficando mais linda.
Olhar a cidade, o mar, e o colorido dos balões não tem preço.
Assim que todos decolaram, voltamos para o parque.
Ali estava acontecendo outro show.
Muitos balões chegaram próximos do alvo da prova.
Uma verdadeira demonstração de técnica, calma e perícia.
Filipe Tostes foi o melhor.
Atingiu a incrível marca de 0,13cm do centro do alvo.
Lucas Chemin jogou a 0,53cm.
Giovani Pompermaier a 0,63cm.
E tiveram outras grandes marcas.
Agora sim, começou pra valer o festival.
Que Deus continue abençoando a todos nós.
A tarde tem mais!
Bons ventos!!!
Meus pais!!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here