0
491
TERREMOTO NO JAPÃO
Assessor da Prefeitura relata “terror” em Tóquio durante terremoto

O assessor de projetos especiais da Prefeitura de São Carlos, Emiliano Saran Azevedo, está em Tóquio, no Japão. Ele representa a cidade nas plenárias que acontecem até o dia 12 de março e que debatem a realização do Campeonato Mundial de Balonismo, em 2014. São Carlos é candidata a ser sede da realização do torneio, junto com as cidades de Victória, na Austrália, e Birstonas, na Lituânia. Em uma entrevista exclusiva à jornalista Hebe Rios, Azevedo fala sobre a experiência de estar em Tóquio durante o terremoto de 8,9 de magnitude que gerou um tsunami com ondas de até dez metros de altura na costa nordeste do Japão, causando dezenas de mortes e danos a cidades da região.
Baixe o Adobe Flash Player
Azevedo chegou a Tóquio na última terça-feira (8). Por telefone, o assessor relata o pânico que passou durante o tremor. “Deu um certo desespero e tivemos que evacuar o prédio, a gente não está acostumado com isso. Logo em seguida, tivemos um outro abalo, esse eu pude ver os prédios balançando a nossa frente, tô no Centro de Tóquio e agora temos tido seguidos tremores, alguns pequenos que a gente consegue perceber e agora estamos indo a pé para o hotel, pois o sistema de transporte está parado”.
Ele classificou como “terror” os momentos dos primeiros tremores, que foram sentidos no prédio em que está hospedado. “Deixamos o prédio e na descida das escadas algumas paredes trincaram. O segundo tremor foi um pouco mais fraco, mas os prédios, inclusive o nosso, balançavam muito e as pessoas estavam apavoradas depois do susto, mas agora estamos todos bem”, explica.
O assessor também comenta que o transporte público não está funcionando na cidade. “Os aeroportos estão com problema, os trens pararam, o metrô parou, o trânsito está muito intenso aqui em Tóquio e a intensidade foi muito grande”
Acompanham Azevedo nas plenárias os brasileiros Leonel Brites, presidente da Comissão de Aerodesporto Brasileiro (CAB) e vice-presidente da Confederação Brasileira de Balonismo e Marina Kalousdian, secretária da Confederação Brasileira de Balonismo.
Segundo Azevedo, o terremoto não prejudicou as reuniões, que devem prosseguir até sábado (12). São Carlos apresenta as informações sobre a cidade nessa etapa da plenária. Na segunda fase, que acontece em março de 2012, haverá a decisão sobre o país que vai sediar a competição.
EPTV

Faça como a RVB Balões, Libra Balloons, Skemma Comunicação Visual, Air Show Sports, Strategie Balonismo e Air Fly Balonismo, seja um apoiador do BlogBalonismo. Para mais informações entre em contato: blogbalonismo@hotmail.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here