0
461
AVENTURA
Gerard Moss se prepara para uma nova aventura a bordo de um balão

De 360 Graus

Foto: Margi Moss
O aviador e ambientalista Gérard Moss, que ficou conhecido em todo o Brasil por ser o único piloto brasileiro a ter realizado por duas vezes, em 1992 e 2001, a volta ao mundo em aeronaves pequenas, agora realiza treinamentos de voos na floresta amazônica, a bordo de um balão de ar quente. Gérard, que gosta de velocidade e está acostumado a voar com a potência de um motor na mão e controlar a direção e a velocidade, está sendo treinado para pilotar e conviver com uma sensação de impotência diante das características do balonismo, de ser levado pelo vento, e de preferência, com ventos fracos.
Foto: Margi Moss
Na semana de 15 a 20 de fevereiro, Gérard, comandante do Projeto Rios Voadores, e uma equipe especializada em balonismo, partiu para Querência, no Mato Grosso, para um treinamento de sobrevoo na floresta amazônica.
Gérard se encantou com a experiência e relata: “Foram cinco dias de voos emocionantes, sobrevoando a floresta tropical a bordo do balão da Expedição Rios Voadores, orientado pelo piloto Welington da Mota Corrêa. Nós voamos a zero metro das copas das árvores com rasantes impressionantes, e até penetrando no dossel quando possível. É maravilhoso pegar as folhas com as mãos, ouvir os gritos de surpresa das aves que vivem nas alturas das árvores. Foi um grande privilégio contemplar a nossa floresta amazônica, em terras matogrossenses, e observar de tão perto a vida na floresta sobre as árvores.
Foto: Margi Moss
Na Fazenda Macaré, que excepcionalmente conserva ainda 80% de suas matas intactas, os voos de balão tinham o objetivo de analisar a viabilidade de coletar amostras comparativos de vapor de água emitido das matas e dos campos em volta.
Bons Ventos!!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here