Balão da 3° Expedição Interoceânica cruzará América do Sul

0
456
Com o slogan “O mundo se encontra no Brasil, venha celebrar a vida”, um balão, que pode chegar à altura de um prédio de 10 andares vai ilustrar a 3º Expedição Interoceânica, que saiu de Cuiabá (MT) na quarta-feira (26) e passará por Peru, Equador, Colômbia e Venezuela. O objetivo é promover o Brasil como destino turístico.
O balão seguirá por países prioritários e estratégicos de promoção do Brasil na América do Sul. O evento é focado na participação de motocicletas, mas é aberto a todos os tipos de veículos. Ao todo, serão 29 dias de viagem e, a cada parada em uma cidade, haverá ações de promoção do Brasil como destino turístico.
A ação da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) faz parte de um projeto de integração da Rota Turística Internacional – Pantanal – Amazônia – Andes – Pacífico. “Estamos apoiando este projeto, assim como fizemos em 2012, pois a expedição é um evento que vai ao encontro das estratégias do instituto, sendo uma ótima plataforma para projeção do país como destino turístico”, avalia o presidente da Embratur, Flávio Dino.
Roteiro de viagem
No Brasil, a expedição passará especialmente nas cidades de Cuiabá (MT), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC). A ação vai promover a integração dos países envolvidos, mostrando sua visibilidade logística e turística, cruzando de leste a oeste o continente sul-americano.
A primeira parada internacional será no dia 30 de junho, em Puerto Maldonado, no Peru, a 550 km de Rio Branco, no Acre. Depois passará por Cusco, Nazca, Lima, Chiclayo e Tumbes.
No dia 8 de julho seguirá para Guayaquil e Quito, no Equador. E depois por Cali e Bogotá, na Colômbia. O trecho final da 3º Expedição Interoceânica será na Venezuela, quando o grupo ficará de 15 a 19 de julho no país e passará por Cúcuta, Caracas e Ciudad Guyana e retornará ao Brasil, com paradas em Boa Vista (RR), Manaus (AM), Humaitá (AM), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC).
Durante todo o percurso, duas equipes da emissora televisão da Amazon Sat farão uma transmissão via satélite ao vivo, 1h por dia durante a expedição e gravarão 12 edições do programa Amazônia SA sobre a aventura. A agência de notícias espanhola EFE, também fará a cobertura do evento com um jornalista e um fotógrafo.
Além da Embratur, a ação tem apoio do Ministério das Relações Exteriores – por meio da Embaixada do Brasil em Lima e pelo Comitê Descubra Brasil no Peru.
Por conta da proximidade geográfica com o Brasil, o mercado sul-americano é prioritário para as ações de promoção turística realizadas pela Embratur no exterior. “Queremos impulsionar o turismo dentro do continente”, explica Dino.
A Colômbia e o Peru ocupam o 13º e o 14º lugar, respectivamente, em emissão de turistas para o Brasil. No ano passado, mais de 100 mil colombianos visitaram as terras tupiniquins, um crescimento de 9,8% em relação a 2011.
O Peru enviou mais de 91 mil turistas, isso representou um crescimento de 5,9% em relação ao ano anterior. A Venezuela e Equador são mercados estratégicos para o Brasil. Em 2012, a Venezuela enviou para cá 51 mil turistas e o Equador, cerca de 26 mil visitantes.
Foto: Divulgação

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here