Jornal aponta que duas cidades demonstraram interesse em sediar o mundial de balonismo

0
353
São Carlos não vai mais realizar o mundial.
Isso é fato.
O próprio presidente da Confederação Brasileira de Balonismo disse que a decisão é irreversível.
Agora começam as especulações de quais cidades poderiam sediar o evento.
Se existe tempo hábil pra isso.
Se a FAI concorda com o que está acontecendo.
Segundo a assessoria de imprensa do mundial, o cancelamento gera de imediato o complicador de se encontrar uma nova cidade sede para a competição que assuma e cumpra o contrato estabelecido para realizar o evento.
O Jornal Primeira Página destacou que duas cidades paulistas já demonstraram interesse em realizar o evento.
Porém, Romagnoli não antecipou qualquer negociação com outra cidade e manteve a indefinição do campeonato.
Logo, não fica claro se esse interesse veio agora ou foi na época em que São Carlos foi escolhida a representante brasileira.
As cidades são Ribeirão Preto e Rio Claro.
Dois municípios que os pilotos brasileiros gostam muito.
E, na minha opinião, e de muitos também, melhor para voar que São Carlos.
O problema que alguns apontam em Rio Claro é a rede hoteleira, que não teria capacidade para um evento tão grande.
Rio Claro sediou nos últimos anos grandes eventos, como o sul-americano, íbero-americano e campeonato brasileiro.
O local é maravilhoso para voar.
Ribeirão Preto sediou este ano o Campeonato Paulista, depois de algum tempo sem balonismo. É uma cidade tradicional, porém não se sabe sobre o poder de investimento para um evento deste porte.
É outro lugar ótimo para se voar.
A torcida é pra que os nossos dirigentes consigam resolver o mais rápido possível esse problemão.
É sonho de muitos, inclusive meu, poder participar do maior evento competitivo de balonismo do planeta.
Boa sorte aos envolvidos, e pra nós também.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here