spot_img

Lituânia é bi-campeã do mundial júnior de balonismo. Brasil conquista o sétimo lugar com Markus Kalousdian

Acabou em Vichy, na França, o 2º campeonato mundial júnior de balonismo. Foram nove voos competitivos e 28 tarefas, um sucesso total. O piloto da Lituânia, Rokas Kostiuskevicius, conquistou o bi-campeonato da competição e carimbou sua vaga para o mundial de balonismo em 2016, no Japão. Dominic Bareford, do Reino Unido e que fez um campeonato brilhante terminou na segunda colocação. Outra jovem revelação do balonismo europeu, Clement Seigeot, da França, finalizou a sua participação no evento na terceira colocação.
Brasileiros
O paulista Markus Kalousdian conquistou o inédito sétimo lugar no campeonato. Markus foi subindo degrau por degrau e atingiu um grande resultado para o Brasil. Christian Kalousdian, outro grande piloto do nosso país, finalizou na 26º posição. Clique aqui para ver a classificação final.
A última tarefa
Para finalizar o evento, a direção técnica lançou a prova máxima distância com duas marcações. O austríaco Stefan Peter Schweighofer foi o vencedor da última tarefa do mundial júnior. David Spildooren, da Bélgica, ficou em segundo e Dominic Bareford, do Reino Unido, em terceira. Os brasileiros Markus e Christian Kalousdian não tiveram pontuação nesta tarefa. Clique aqui para ver os resultados.
Orgulho
Parabéns aos irmãos Markus e Christian Kalousdian que representaram o balonismo brasileiro na França. Esses rapazes são motivo de orgulho pra todos nós que amamos o balonismo. Que venham mais e mais conquistas. E quem sabe o Brasil não possa sediar um evento destes? Já mostrou que pode organizar um mundial “master”, um mundial júnior são menas equipes. Fica a dica para os futuros dirigentes da Confederação Brasileira de Balonismo.

NOTíCIAS RELACIONADAS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhar Notícia

ULTIMAS NOTÍCIAS

%d blogueiros gostam disto: