Representantes de São Carlos e da CBB se reuniram com os diretores técnicos do mundial de balonismo

0
542
Ricardo Moralles, David Levin, diretor técnico do Mundial em Battle Creek, Leonel Brites (CBB), Emiliano Saran Azevedo e Mathijs De Bruijn que será o diretor técnico do evento em São Carlos.
Representantes da Prefeitura de São Carlos e da Confederação Brasileira de Balonismo (CBB) se reuniram, na última quinta-feira (23), com os diretores técnicos do Mundial de Balonismo que acontecerá em São Carlos em 2014. O encontro aconteceu em Battle Creek, Michigan (EUA), local em que ocorre o 20º Campeonato Mundial de Balonismo e que reúne 103 competidores. 
O assessor de Relações Institucionais e Internacionais, Emiliano Saran Azevedo, o diretor de Esportes de Rendimento, Ricardo Moralles e o vice-presidente da CBB, Leonel Brites se reuniram com David Levin, diretor técnico do Mundial nos Estados Unidos e que será o diretor adjunto em São Carlos e com Mathijs De Bruijn, que será o diretor técnico do Mundial 2014. O objetivo da reunião foi acertar detalhes para a realização do Pré-Mundial, que ocorre em 2013. “O Pré-Mundial, em julho de 2013, será um teste para a infraestrutura da cidade e deverá contar com 50 balonistas. Nesse encontro ficou definido que essa comissão irá para São Carlos até dezembro para conhecer as condições técnicas”, disse Ricardo Moralles.
O grupo de trabalho do balonismo, criado pela Prefeitura de São Carlos, vai preparar um planejamento geral do evento para ser apresentado até o fim de setembro e a partir daí haverá um esforço para captação de parceiros públicos e privados. 
Segundo Emiliano, em março de 2013, no Rio de Janeiro, haverá a reunião anual da Comissão de Balonismo da FAI (Federação de Aerodesporto Internacional), em que São Carlos deverá apresentar a logomarca do Mundial de 2014, um site do evento, a programação visual, a programação geral do evento e o levantamento técnico para voos. 
“Estamos colhendo todas as informações, fotografando, filmando, guardando alguns documentos e conversando com os organizadores locais de outros países para que São Carlos vença esse grande desafio que é organizar o 21º Campeonato Mundial de Balonismo”, explica Emiliano. “A cidade terá muito trabalho de agora em diante para organizar esse evento e precisaremos contar com patrocinadores e com apoio e envolvimento de toda nossa comunidade”, complementa Emiliano. 
A viagem dos são-carlenses aos Estados Unidos contou com o apoio da empresa aérea TAM e de outras entidades privadas da cidade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here